Pedido de Música

Preencha os campos abaixo para submeter seu pedido de música:

URGENTE: Prefeitura de Chapecó anuncia fechamento dos serviços não essenciais - Verde Vale FM

URGENTE: Prefeitura de Chapecó anuncia fechamento dos serviços não essenciais

Em um vídeo do prefeito João Rodrigues, na noite desta segunda-feira (22), Chapecó (SC) divulgou um novo decreto para fechamento de serviços não essenciais. O município também terá um toque de recolher, a partir das 21h de todos os dias. As novas determinações passam a valer a partir da 0h00 desta terça-feira (23) até o domingo (28). Mesmo com a fala de João Rodrigues, a prefeitura de Chapecó ainda não divulgou o novo decreto. Mais detalhes sobre o fechamento das atividades não essenciais serão esclarecidas, após a publicação das novas medidas.

Segundo o prefeito João Rodrigues, a partir das 21h da terça-feira, nenhuma pessoa poderá circular nas ruas de Chapecó, exceto quem esteja indo à farmácia comprar um medicamento ou quem retorna do trabalho.

“A partir de amanhã, às 21h, será proibida a circulação de pessoas em qualquer ponto da cidade, exceto, que esteja indo na farmácia comprar um medicamento ou retornando do trabalho, como tem serviços que permanecem em atividades, por exemplo, as farmácias, o supermercado, os postos de combustíveis. A indústria permanecerá em atividade”, falou João Rodrigues.

Igrejas, restaurantes, bares, lanchonetes e similares seguem com atividades suspensas.

João Rodrigues informou que igrejas, restaurantes, bares, lanchonetes e similares seguem com as atividades suspensas, até às 23h59 do próximo domingo (28).

O transporte coletivo e os supermercados, considerados atividades essenciais continuarão abertos. Segundo João, o transporte coletivo irá manter 50 % de ocupação em todos os ônibus e eles serão fiscalizados pela Guarda Municipal.

Já os supermercados, poderão atender, porém, com 30% da capacidade de ocupação dentro de cada estabelecimento comercial. João Rodrigues informou que será feito uma vigilância permanentemente nos locais.

Cidadão que positivou e for flagrado fora do isolamento responderá criminalmente.

Outra medida anunciada pelo prefeito João Rodrigues foi que todo cidadão de Chapecó, que positivou para a Covid-19, será monitorado pela prefeitura. Conforme João, aquele que for flagrado nas ruas da cidade responderá criminalmente.

Não sou eu que estou decretando, ele já responderia, só que agora nós vamos fiscalizar, com denúncias que poderemos receber dos vizinhos, dos amigos, dos conhecidos. Se você souber de alguém que positivou e anda circulando pela cidade denuncie, porque isso é uma verdadeira arma. Ele pode estar assintomático, mas quando ele passar o vírus para alguém, essas pessoas podem estar precisando de uma UTI” declarou João.

Situação em Chapecó

No município já foram registradas 202 mortes em decorrência ao coronavírus. Desde o início da pandemia, Chapecó já registrou 21.808 casos confirmados, destas 17.963 pacientes são considerados recuperados. Ainda há 1.033 casos suspeitos que aguardam resultados dos exames.

Desde o início da pandemia, 70.313 pacientes foram testados, destes 47.798 tiveram diagnóstico negativo para a doença. São 3.643 pacientes ativos com a doença. Ainda de acordo com o boletim, são 196 pacientes internados em hospitais do município.

Dos internados, 89 estão em Unidade de Terapia Intensiva (UTI), destes 64 estão no Hospital Regional do Oeste (HRO) e 25 na Unimed. Em enfermaria são 95 pacientes internados, 36 no HRO e 59 na Unimed. Já em outro setores são 12 pacientes, 11 estão no HRO e um na Unimed.

 

Por ClicRDC

Deixe seu comentário:

Últimas noticias

© Direitos reservados para Associação Comunitária e Cultural de Xavantina - Verde Vale FM